Conheça Curitiba

Curitiba é repleta de cartões-postais, como o Teatro Ópera de Arame e o Jardim Botânico. Sem contar os boques e parques que a capital paranaense dispõe. A cidade é um ponto de partida para duas belas viagens: a de carro pela Estada da Graciosa e a de trem pela Serra do Mar, onde ambas levam até Morretes, um lugar muito bom para se apreciar prato típico da região à base de farinha de mandioca e de carnes cozidas: o barreado.

Em Curitiba, uma boa mesa está em toda parte, mas em especial no bairro de Santa Felicidade, que é muito famoso pelas cantinas que servem rodízios italianos.

Os turistas ao se programarem para ir à Curitiba incluem casacos na bagagem. Com certeza essa é uma das certezas da cidade, pois possui baixa temperatura. Mas não é o único conselho a se seguir.

Ao desembarcar neste lugar, o turista vai conhecer um cenário onde as pessoas, o espaço urbano e o meio ambiente convivem de uma forma bem organizada. Em Curitiba, os turistas podem usufruir uma linha de ônibus exclusiva a passeios pelos principais pontos turísticos da cidade, a Linha Turismo.

O que fazer em Curitiba

Museu Oscar Niemeyer

Dedicado a exposições visuais, arquitetura, urbanismo e design, o Museu do Olho possui a maior área expositiva da América Latina. Com suas 12 salas de exposições, recebe mais de 300 mil visitantes por ano.

Carro: 10 min

Rua 24 Horas

Ponto de encontro para turistas e curitibanos, a Rua 24 Horas é exatamente isso: um espaço de compras e lazer que simplesmente não dorme. Aqui você encontra produtos e serviços a qualquer hora do dia e da noite.

Carro: 10 min

Rua das Flores

Essa é a principal rua da cidade e foi transformada no primeiro calçadão do país, em 1972. É um importante eixo comercial da capital.

Paço da Liberdade

Foi inaugurado em 24 de fevereiro de 1916 e era a sede da antiga Prefeitura de Curitiba. Com detalhes neoclássicos e desenhos art-nouveau, a construção do Paço da Liberdade é em alvenaria de tijolos com base em blocos de concreto e de cantaria.

Ele é o único monumento do Paraná tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Esse projeto de restauração respeita as características originais desse edifício e privilegia o uso público do espaço. Em 29 de março de 2009 a Prefeitura revitalizou o Paço da Liberdade totalmente.

Jardim Botânico

Um dos maiores museus botânicos do mundo, o Jardim Botânico de Curitiba é perfeito para quem curte natureza, cultura e ciência. Com uma área de 245 mil m², é repleto de esculturas de diversos artistas e conta com cerca de 400 mil espécies catalogadas.

Carro: 5 min

Caminhando: 15 minutos

Santa Felicidade

Santa Felicidade é uma colônia formada, em 1878, por imigrantes italianos das regiões do Trentino e do Vêneto. É o principal eixo gastronômico de Curitiba, com um desfile de casas típicas, unidades de interesse de preservação pelo valor histórico, sentimental ou arquitetônico.

Torre Panorâmica

A Torre Panorâmica dá suporte aos serviços de telecomunicações, permitindo, do mirante, uma visão de 360 graus da cidade. Seus 109,5 metros de altura equivalem ao tamanho de um de 40 andares.

Unilivre

A UNILIVRE foi inaugurada em 1992, com a presença do oceanógrafo Jacques Cousteau. Ela promove educação ambiental para a população em geral, sendo uma lição de ecologia, integrando arquitetura ao meio ambiente.

Ópera de Arame

O Teatro Ópera de Arame foi construído em estrutura tubular, em 1992. Ele é um espaço mágico que se integra à natureza do local. Do seu lado, a Pedreira Paulo Leminski é o palco de grandes acontecimentos culturais e artísticos de Curitiba. Logo mais adiante, está o Farol das Cidades, biblioteca informatizada.

Parque Barigui

O Parque Barigui é um dos maiores da cidade. Foi implantado em 1972 e é um dos preferidos para as caminhadas diárias do curitibano, pois fica à beira do lago. Tem espaços para museu do automóvel,exposições e eventos, esportes e diversas outras atividades.

Parque São Lourenço

Uma fábrica velha de cola deu lugar a um Centro de Criatividade que oferece cursos, oficinas e espaços para exposições.O seu lago é cercado por uma ampla área verde nativa.

Setor Histórico de Curitiba

O Setor Histórico é formado pelas ruínas da Igreja de São Francisco de Paula, nunca concluída, a Fonte da Memória, o Relógio das Flores, igrejas antigas, casarões reciclados e transformados em espaços culturais compõem o Setor Histórico da cidade. Um dos destaques é o Memorial de Curitiba. Aos domingos, seus visitantes podem aproveitar a feira de artesanato.

Parque Tanguá

Localizado às margens do rio Barigui, é uma área de lazer com grandes espaços verdes, pista para caminhada e corrida, ancoradouro, ciclovia e um túnel aberto na rocha unindo os lagos. O Parque Tanguá foi implantado em 1996.

Parque Tingui

O Parque Tingui lembra os primeiros ocupantes dos Campos de Curitiba da nação Gurani, os índios Tinguis.

Praça Tiradentes

É o marco zero da cidade, dominada pela Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz, em estilo gótico. Ela foi restaurada em 1993, no seu centenário.

Praça Osório

A Praça Osório Nasceu em 1874, recebendo, em 1878, o nome de Largo Oceano Pacífico. É Praça General Osório desde 1879. Tem um relógio, restaurado em 1993, que relembra o primeiro lá instalado, onde marca a hora oficial da cidade. Tem também uma fonte luminosa e equipamentos de lazer para a garotada.

Praça do Japão

A Praça do Japão faz uma homenagem aos filhos do “Sol Nascente” que se radicaram e se dedicaram à agricultura. Existem hoje, espalhadas pela praça, 30 cerejeiras enviadas do Japão pelo Império Nipônico e lagos artificial nos moldes japoneses. Em 1993, foi construído a Casa da Cultura, o Portal Japonês e a Casa de Chá.

Bosque Alemão

O Bosque Alemão lembra as mais caras tradições dos alemães, que foram os primeiros imigrantes a se estabelecer em Curitiba, a partir de 1833. Entre os destaques estão: a Casa Encantada, a trilha de João e Maria dos contos dos irmãos Grimm, o Oratório Bach e a Torre dos filósofos, com uma magnífica vista de Curitiba.

Bosque do Papa - Memorial Polonês

O Memorial da imigração polonesa é composto por sete casas de tronco e de bosque nativo. Foi inaugurado em 1980, após a visita do Papa João Paulo II.

Passeio Público - Memorial Árabe

O Passeio é o primeiro parque público e também o primeiro Zoológico de Curitiba. Foi inaugurado em 1886 e o seu portão principal é réplica do antigo portal do cemitério de cães de Paris. O Memorial Árabe é uma edificação moderna inspirada na arquitetura dos povos do deserto. Ele é também uma biblioteca pública.

Teatro Guaíra

Localizado na Praça Santos Andrade, o Teatro Guaíra é um dos maiores da América Latina. À sua frente encontra-se a Universidade Federal do Paraná que é a primeira do Brasil.

Teatro Paiol

Esse é um antigo paiol de pólvora que foi construído em 1906 e reciclado para teatro de arena em 1971. A sua inauguração teve o batismo do poeta Vinícius de Moraes, que compôs uma música feita especialmente para a ocasião. O Teatro Paiol é símbolo da transformação cultural de Curitiba.

Terminal Rodoferroviário de Curitiba

Integrando o transporte da capital, o terminal da URBS é um exemplo a ser seguido. Combinando terminais de ônibus e trens, é um dos pontos mais importantes para entrada e saída da cidade.

Caminhando: 1 min

Shoppings

Curitiba oferece grande diversidade em tudo que oferece, incluindo suas opções de shoppings. Um dos mais queridos pela população da capital é o Curitiba Shopping. Possui ambiente agradável e planejado para oferecer fácil acesso a tudo que você precisa.

Carro: 5 min

Caminhando: 10 minutos

Reserve Aqui
Com Segurança